A moda está sempre resgatando tendências e suas releituras. Isso aconteceu nos anos 60 com as saias midi, nos anos 70 com os paetês e lurex, os anos 80 com as meia arrastão e nos anos 90 com as calças boca de sino. E, claro os terninhos femininos.

E ele surgiu em uma hora satisfatória, abraçando o empoderamento  feminino que a cada dia se demonstra mais presente em características visuais, como as vestes. O terno, veio inspirado no guarda-roupa masculino e, por sua praticidade e aspecto formal, se tornou uniforme de muitas mulheres que trabalhavam fora naquela nos anos 90. Hoje ele está de volta, mais acinturado e, de diversas formas e cores.

Quem aderiu primeiro foram as mulheres de Hollywood, mostrando que o terno pode ser muito feminino, atualizando o visual com elegância e sofisticação.

A tendência do terninho feminino se espalhou nos mais diversos Desfiles de Moda desta temporada, sendo peça coringa do guarda roupa para as mulheres de todas as idades.

O item é indispensável para qualquer ocasião, principalmente pra aqueles que trabalham em um ambiente formal, mas nada impede que a peça seja usada em festas ou no cotidiano de forma mais despojada.

Para adotar o terninho preto no seu dia a dia, basta deixar sua criatividade agir! A peça é muito flexível, podendo ser usada de várias maneiras.

a-volta-do-terninho-terno-com-tênis-e-camiseta

Durante a Semana de Moda em Milão, um dos looks que vesti, também foi um conjunto com terninho bem sofisticado e ao mesmo tempo despojado. Foi uma produção “genderless”, onde vc pode transitar por todos os guarda-roupas, sem rótulos e adicionar acessórios de sua essência e personalidade.

E ai meninas, o que acharam?

Write A Comment