Oi, bonitas!

Depois de viver dias incríveis e realizar um dos meus maiores sonhos, visitar a Big Apple e acompanhar de pertinho a maior semana de moda do planeta, venho aqui contar pra vocês sobre minhas impressões e sobre os desfiles mais lindos que assisti de pertinho!

A New York Fashion Week é a mais longa entre as semanas de moda. Teve início no dia 8 de fevereiro e foi encerrada no dia 16. A cidade para receber fashionistas, estilistas, designers e pra todo lado que se olha, a moda é o foco.

Grandes coleções de grifes famosas e de nomes que estão se firmando no mercado são apresentadas. Além disso, o NYFW 2019 também reuniu diversas celebridades, como a atriz global Bruna Marquezine, as digitais influencers Camila Coelho, Camila Coutinho, entre muitas outras colegas de trabalho. que estavam impecáveis e estilosas nos desfiles das marcas brasileiras que estrearam na passarela gringa.

Confiram o que separei pra mostrar à vocês!

Chiara Boni

Chiara Boni La Petite RTW Spring 2019

Inspirada nas pinturas taitianas de Paul Gauguin, Chiara Boni La Petite fez uma coleção feminina que se distingue por uma atitude alegre e vibrante. Várias estampas florais trabalhadas em uma paleta tropical de laranja, vermelho e amarelo, contribuíram para o espírito inspirador da programação, que incluiu lindos vestidos de babados que são perfeitos para as festas na praia do próximo verão. Para muitos, o desfile foi o melhor da marca até então, pois ofereceu uma nova interpretação da estética feminina do estilista.

Yuna Yang

Os looks criados pela artista e designer da marca foram inspirados na beleza do mundo natural, onde foi desenvolvido uma coleção esteticamente agradável, que mostrou bem a versatilidade de Yang.

Anteriormente a marca apresentou casacos de trincheira e vestidos com babados, mas desta vez, ela apostou em peles artificiais, saias de assinatura e muitas peças rendadas. Porém, como a maioria dos looks eram elegantes e com estampas inspiradas na natureza, muitos acharam que as peles artificiais estavam “fora de lugar”.

Flying Solo

Flying Solo é uma das comunidades de designers mais importantes do mundo da moda, e durante a NYFW 2019 contou com a presença da modelo venezuelana Gema Zarina Asuaje em seu desfile.

Entre as propostas estão a feminilidade elevada à mais alta posição, assim como a possibilidade de mistura de peças para looks incríveis.

Oxford Studios

A Oxford Studios apresentou oito coleções: Chaahay Thakker, Poli e Jo, Farah Naz, Ron Ramos, Minzkou, Jisu Lim, Nc por Charly Nzogang e Jyuri Lee.

Todas as coleções apresentadas são incríveis, mas a que se destacou na passarela foi a coleção de Jisu Lim, que foi a primeira coleção da designer depois de se formar na faculdade em maio, pois ela queria criar uma coleção unissex inspirada na vida cotidiana, o que ela descreveu como “o que eu posso ver em Nova York, em todas as ruas”. Anotem: cada vez mais os criadores apostam em peças que servem tanto para homens, quanto para mulheres.

Alice+Olivia

Com um clima mais sombrio, ousado e ainda mais sexy do que nas duas últimas temporadas, Stacey Bendet, criadora da marca, trouxe à vida uma floresta misteriosa e onírica para sua apresentação no outono, que se concentrou em injetar roupas de noite com charme juvenil.

Inclusive, Bendet acrescentou durante o evento que “Todo o tema foi fantasia”.

Frederick Anderson

Frederick Anderson RTW Fall 2019

Frederick Anderson abordou a temporada com uma história política da decadência dos anos 20 para os dias atuais em seu desfile de estreia.

Através dos looks, o designer contou histórias socialmente carregadas por meio de uma fusão de tweeds, rendas e sex appeal que tanto clientes quanto lojas estão começando a compreender melhor.

Affair

Afffair 

Inspirada em uma viagem que Ismayil fez para a América do Norte, as peças apresentadas variaram entre looks para coquetéis e roupas para serem usadas em eventos noturnos.

Além disso, a maior parte da coleção contou com renda preta, cetim verde-esmeralda, veludo prateado e camadas douradas de chiffon, tudo criando uma rica paleta de cores na passarela.

Hong Kong

O Fashion Hong Kong é um grupo composto por algumas das marcas de moda mais populares dos estilistas da China, mas os holofotes posaram especialmente sobre a Anvenglosa, HEAVEN PLEASE + e 112 Mountainyam.

As três marcas tiveram suas peculiaridades, onde o 112 Mountainyam, explorou uma combinação de moda masculina e feminina; HEAVEN PLEASE + surpreendeu com sua linha feminina de elementos abstratos e a Anvenglosa apresentou todas as peças de couro preto, com rendas e tecidos de malha.

E as nossas representantes:

John John

Para diversos críticos, vibrante é a palavra que melhor define o primeiro desfile da John John na NYFW.

O designer brasileiro João Foltran desenvolveu a essência da marca com técnicas próprias que resultaram em peças super especiais, com variedade de tons e texturas, além de contar com efeitos de respingo de tintas, risca-de-giz em calças com modelagem ampla, bem no mood artesanal.

Rosa Chá

Famosa por ter mudado o beachwear no Brasil na década de 90, a Rosa Chá deu um enorme passo durante sua estreia em Nova Iorque. Apesar do desfile ter começado com uma releitura do biquíni, que evoca o começo da grife com recortes e luxo, o forte da coleção desenhada pelo duo Juliana Teixeira e Bia Parente, foram as peças urbanas com ótimas jaquetas, macacões e uma surpreendente alfaiataria minimalista.

Gostaram?

Em breve teremos mais e mais!

Write A Comment